29 de jun de 2017

Indo à Fonte

junho 29, 2017 0 Comentários

O escritor russo Fiódor Dostoiévsk (1821 – 1881), entre muitos textos desaconselháveis, escreveu uma verdade singular: “existe no homem um vazio do tamanho de Deus”.

Por mais que a ciência avance, obras literárias sejam escritas, musicas cantadas, sorrisos dados, nunca o ser humano se perceberá como completo. Mesmo que alguém consiga desvendar mistérios e juntar dinheiro que não possa gastar, satisfazer todos os desejos do coração, ainda assim será infeliz.

O grande segredo da felicidade não estar no possuir, conquistar ou ser. Precisamos, para alcançar plena satisfação na vida que um espaço especial seja preenchido. Um vazio deve ser suprido.

Através do profeta Jeremias uma mensagem chega a nós hoje: “porque dois males cometeu o meu povo: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas rotas, que não retêm as águas” (2.13).

O capítulo dois de Jeremias contem uma mensagem interessante. É apresentada a visão de Deus sobre o povo. Israel é descrito como um povo que busca satisfação, prazer, alegria, felicidade. Não existe nenhum problema em se buscar prosperidade e satisfação na vida. Contudo existe uma repreensão para o povo.

Israel buscou preencher o vazio de seus corações com prazeres transitórios, distanciando-se de Deus. Procuraram a felicidade onde não poderiam achar. Este muitas vezes, é o nosso problema. Buscamos o que necessitamos na fonte errada. Somente Deus pode nos saciar. Não podemos deixa-Lo de lado e esperarmos ser felizes, assim como não encontraremos água em cisternas rotas, secas.

Precisamos aprender a não trocar o definitivo pelo transitório, felicidade por sorrisos, uma vida por momentos, pessoas por objetos, amor por paixão, Deus pelo próprio eu.

Necessitamos hoje, ir a Fonte de felicidade real que pode preencher o vazio que em nós existe: Deus! 

23 de jun de 2017

Como lidar com o fim do relacionamento- Papo de adolescente

junho 23, 2017 0 Comentários
   Com certeza muitos de nós adolescentes já passamos por essa fase tão complicada da vida.
Muitas vezes estamos tão apaixonados pelo (a) nosso (a) parceiro (a), que quando isso acontece parece que o mundo em volta de nós vai desabar. Ou até mesmo  pelo fato de estarmos juntos com alguém já suficiente para que isso aconteça.
Mas o que vocês costumam fazer para lidar com esse tipo de situação?
Eu por exemplo costumo ler e focar nos estudos, mas outros preferem ver séries na Netflix ou comer para que esse momento passe, apesar de sabermos que na maioria das vezes isso não funciona hahaha.
Olha só a listinha que eu preparei pra vocês de como podemos lidar de forma mais fácil com o término do relacionamento:
  • Sair com os amigos sempre é bom pra descontrair e se divertir
  • Tentar coisas novas, diferentes, que antes você não podia mas agora pode
  • Cuide melhor de você mesma (o) 
  • Tenha mais momentos com sua família, converse e divirta
  • Conheça pessoas novas e faça novos amigos
Não se esqueça que daqui pra frente é bom deixar as conversas e as tentativas de voltar com o ex de lado, ele deve entender que a partir de agora você deseja seguir em frente. Sabemos que esse é o passo mais difícil, mas a partir de agora mesmo que você o encontre em alguma rua ou em qualquer lugar, vocês apenas se encontraram. É hora de seguir em frente e curtir a vida.

8 de jun de 2017

Sobre a autora

junho 08, 2017 0 Comentários
Sabe quando você acorda e pá! 
Toma uma paixão incontrolável por escrever sobre coisas das quais gosta? (Risos) 
Pois é, parece engraçado, mas foi exatamente dessa forma que surgiu o interesse por blogs! Sei que a maioria das meninas que, assim como eu, amam o mundo feminino. 
A moda, beleza, assuntos desse universo entre os 11 e 20 anos que colocam "n" perguntas na nossa cabeça e varias situações que nos fazem pensar: E agora? 
Bom, que tal dividirmos nossas experiências? Sem perder o bom humor e a crença em Deus, quero te convidar para batermos um papo, mas não é qualquer papo não, Papo de Adolescente! 
Seja muito bem vinda para curtir comentar, dividir e compartilhar comigo assuntos desse mundo, o nosso mundo!

@sara_souza_blog